Guia de sobrevivência na 25 de março

14dez12

Enfrentar a multidão que deve passar pelo centro comercial mais famoso do país não é fácil. Para ajudar nessa tarefa, o DIÁRIO dá dicas para o consumidor aproveitar o dia de compras

Carol Rocha
carol.rocha@diariosp.com.br

A dez dias do Natal, este deve ser um dos finais de semana mais movimentados no comércio paulistano. Os shoppings e os centros comerciais da cidade devem ficar lotados. A região da Rua 25 de Março, por onde passam cerca de 500 mil pessoas por dia nos finais de semana normais, deve receber mais de um milhão de visitantes amanhã e domingo, segundo estimativas da Polícia Militar.

Para ajudar os consumidores a enfrentar a multidão e fazer boas compras, o DIÁRIO mostra onde estão e quanto custam os presentes que fazem sucesso na 25 de Março e também dá dicas de cuidados com a segurança, como chegar, onde estacionar e onde comer.

Desde o começo do mês, a polícia reforçou o efetivo na região e a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) montou um esquema especial de trânsito.

Lojas esticam horário nesta época do ano 
Não há um horário fixo para o funcionamento das lojas. A maioria das lojas abre de segunda a sábado das 8h às 18h e aos domingos, das 8h às 16h. Algumas abrem um pouco mais cedo ou fecham um pouco mais tarde, principalmente nesta época do ano.

Barracas fecham aos domingos

As barracas legalizadas pela Prefeitura não podem funcionar aos domingos. Mas aos sábados elas abrem, geralmente, das 8h30 às 17h.

DICAS:

Segurança

Os consumidores devem tomar cuidado com as bolsas e carteiras, não mostrar dinheiro em público e, se possível, evitar levar celulares e aparelhos eletrônicos. A Polícia Militar orienta também a não ir com crianças, que costumam distrair os pais. A ocorrência mais frequente na região é o furto. Desde o dia 1 de dezembro, a PM aumentou o efetivo de 200 para 250 policiais na 25 de Março. Segundo o capitão Moisés, do Comando de Policiamento da capital, são 210 policiais circulando pelas ruas e 40 fixos nas bases.

Onde comer

Árabe – O restaurante mais famoso da região é o Raful, localizado na Rua Comendador Abdo Schahin, 118, paralela à 25 de Março. A esfirra aberta custa R$ 2,80, o suco R$ 4 e o refrigerante, R$ 3.

Fast food – Na Ladeira Porto Geral tem um self-service de salgados fritos que custam entre R$ 1,50 e R$ 2. Na Rua 25 de Março tem um McDonald’s que está sempre lotado. Recentemente foi inaugurada uma  lanchonete Subway, ao lado do Raful.

Acessórios

O que não falta na região é loja de bijuterias. Todas, porém, exigem um valor mínimo para a compra, que pode chegar a R$ 100. A Bruna Brasil aceita comprar a partir de R$ 10. A loja vende brincos de madrepérola a partir de R$ 4,99 e corrente folheada a ouro a partir de R$ 9,99, mesmo preço do colar de sal grosso, que tem sido bastante procurado. A corrente com um pingente de São Jorge, famoso por causa da novela, custa R$ 24,99. O colar com pingente de pimenta sai por R$ 22,99. A loja aceita cartão de débito e crédito.

Destaque das barraquinhas

Bijuterias – As barracas espalhadas por toda a rua oferecem pulseiras coloridas a R$ 4, tiaras por R$ 5 e cintos femininos dourado por R$ 5.

Bolsas – É possível encontrar bolsas sintéticas a partir de R$ 40 no tamanho médio. Também há opções de R$ 55 e R$ 65.

Pelúcia – As pelúcias da Turma do Chaves fazem sucesso na barraca localizada na altura do número 734 da 25 de Março. Elas custam R$ 20 cada. Têm o Seu Madruga, o Quico, o Chaves e a Dona Florinda.

Como se vestir

Roupas leves – Principalmente nesta época do ano, quando o calor bate os 30ºC, enfrente 25 de Março com roupas leves, como camiseta e bermuda.

Sapato confortável – Prepare-se para andar muito. O mais indicado é o tênis, mas também vale uma sandália ou sapato baixo bem confortável.

Mãos livres – Não leve bolsas ou carteiras de mão.  Também procure não levar dinheiro. Dê preferência às compras com cartão.

Eletrônicos

Eletrônicos não é o forte da 25 de Março, mas há pouco mais de dois anos foi inaugurada a loja Joice Cardoso, no número 995, que oferece acessórios para celulares, tablets e, principalmente, equipamentos de luz e som. Entre os presentes com mais saída estão o porta-retrato digital, que custa R$ 119, a caixa de som em formato de carros ou bichos que custam R$ 69 e o pop fone, que transforma o celular em um telefone convencional, vendido a R$ 29. A loja também vende tablets da marca Multilaser a partir de R$ 499. Tudo com garantia. A loja aceita cartão para compras a partir de R$ 15.

Como chegar

Evite ir de carro – O carro não é o transporte mais recomendado para ir à 25 de Março nesta época do ano. A CET interditou algumas ruas e os estacionamentos cobram até R$ 20 pela primeira hora. 

Ônibus estão perto – O terminal de ônibus mais próximo à 25 é o do Parque Dom Pedro  2, localizado a cerca de 500 metros da 25 de Março.

Metrô é melhor – A estação mais próxima é a São Bento (Linha 1-Azul). Ela desembarca na Ladeira Porto Geral, quase na esquina com a 
Rua 25 de Março.

Brinquedos

O melhor lugar para comprar brinquedos na 25 de Março é no Armarinhos Fernando. A rede tem três lojas na rua. Segundo o gerente das unidades, Ondamar Ferreria, os brinquedos com mais procura têm sido os minigames, os carrinhos de controle remoto e bonecas. O carro do Batmam com controle remoto custa R$ 24,90. O do Peixonauta sai por R$ 19,9 e o Viravolta, do Patati Patatá, é vendido por R$ 24,90. Todos são da marca Candide. A boneca Rafaeli, que fala 62 frases, sai por R$ 29,90. A Judy, da Milk Brinquedos, custa R$ 25,50 e a Meu Versinho, R$ 29,90. Quem quer gastar menos encontra a Gracinha, da marca Lujodira, por R$ 8,90.

LEIA A MATÉRIA COMPLETA NA EDIÇÃO DE 14/12/2012 DO DIÁRIO DE S.PAULO



No Responses Yet to “Guia de sobrevivência na 25 de março”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: