Consumidor rejeita sacola plástica paga

26jan12

No primeiro dia sem saquinho grátis, clientes reclamam do preço de R$ 0,19 e preferem modelo retornável

Carol Rocha

carol.rocha@diariosp.com.br

Juca Guimarães

juca.guimaraes@diariosp.com.br

Por mais respeitável que seja a causa da preservação do meio ambiente, pagar R$ 0,19 por uma embalagem biodegradável semelhante às sacolas plásticas tradicionais e gratuitas deixou os consumidores desconfiados.

“Eu sou a favor da natureza, mas fico na dúvida se essas sacolas são realmente biodegradáveis ou se isso é apenas propaganda”, disse Roni Pereira, 42 anos, engenheiro eletrônico, que estava no Carrefour da Rua Amador Bueno da Veiga, na Zona Leste.

Enquanto a sacola biodegradável, com amido de milho na sua composição, estava em baixa nos supermercados, as sacolas retornáveis, as chamadas ecobags, eram vendidas como pão quente. Os preços variavam entre R$ 1,89 e R$ 2,90.

“Eu paguei R$ 2 em cada ecobag e consegui levar um volume de compras que caberia em seis ou sete saquinhos. Acho importante que as pessoas se preocupem mais com o meio ambiente, no entanto, é muito cobrar R$ 0,19 ou R$ 0,25 pelo saquinho de plástico”, disse a governanta Sandra Costa, 58 anos, que fez compras ontem no supermercado Futurama, na Lapa, região Oeste.

LEIA A MATÉRIA COMPLETA NO DIÁRIO DE SP DE 26/01/12

Anúncios


No Responses Yet to “Consumidor rejeita sacola plástica paga”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: